terça-feira, 22 de setembro de 2015

O Amor em Tempos de Cólera

Engraçado mesmo
É que só depois de te perder
E ouvir o convincente “não dá mais”
Que eu resolvi morrer de saudades de você.

Como se de todos os sentimentos do mundo
A impossibilidade de não mais te ver
De ter
Nem de tocar da mesma maneira de antes.
Fosse capaz de criar dentro de mim
Um sofrimento
Uma paixão arrasadora
Que eu jamais sonhei em ter.

Porque no final das contas
Mesmo com todos os motivos 
Que eu tinha pra me apaixonar...

Eu me apaixonei mesmo

Pelo o que eu
Inventei de você...

Nenhum comentário: